terça-feira, 27 de março de 2012

Para cada mulher - Mabel Burim

Para cada mulher que está cansada de atuar de maneira tímida mesmo sabendo de sua força; existe um homem que está cansado de parecer forte, quando se sente vulnerável.

Para cada mulher que está cansada de atuar como se fosse um ignorante; há um homem deprimido pela exigência constante de saber tudo.

Para cada mulher que está cansada de ser qualificada como ser altamente emotivo; há um homem, a quem se nega o direito de chorar e ser delicado.

Para cada mulher rotulada de pouco feminina quando compete; existe um homem para quem a competência é a única forma de demonstrar que é masculino.

Para cada mulher que está cansada de ser um objeto sexual; existe um homem preocupado com sua potência sexual.

Para cada mulher que se sente atada aos seus filhos; há um homem a quem se nega o prazer da paternidade.

Para cada mulher que não tem acesso a um trabalho satisfatório e a um salário justo; existe um homem que deve assumir toda a responsabilidade econômica de outro ser humano.

Para cada mulher que desconhece os mecanismos de um automóvel; há um homem que não aprendeu os prazeres da arte de cozinhar.

Para cada mulher que caminha em direção à sua libertação; há um homem que descobre que o caminho da liberdade, tem sido para ele um pouco mais fácil.

Mabel é doutora em psicologia clínica e psicanalista na UCES em Buenos Aires.

Nenhum comentário:

Postar um comentário