sábado, 5 de dezembro de 2009

Sobre cabeça e corpo de homens e mulheres...

Por intermédio do blog da J@de li esse texto excelente que renovou minha fé na humanidade.
Ficadica, pessoas.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Lord we've gotta keep the faith...

Estou postando esse clip do Bon Jovi porque hoje bateu um desânimo...uma descrença, enfim uma diminuição da fé. Quando pensei em fé, na mesma hora lembrei dessa música... e... chegando em casa vi que a letra é realmente inspiradora.
Muita fé pra todos.

O clip - A letra

=]

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Sonho, data esquecida

O sonho começa quando eu acordo e me vejo no alto de uma torre.
Essa torre ficava bem no meio de uma espécie de parque muito bonito e bem cuidado.
Fiquei algum tempo observando a bela paisagem quando avistei descrente um bando de estranhas criaturas. Eram cavalos alados, com pelagem dourada e peculiar, criaturas maravilhosas.

Esses momentos de admiração deram lugar ao medo quando, ainda lá em cima, vi outro grupo de criaturas estranhas. Estes eram macacos de pele e pelagem vermelha, a maioria de tamanho normal, outros eram enormes, mas todos tinham olhares hostis em direção aos cavalos. Os macacos se aproximaram calmamente dos cavalos, de repente algo aconteceu e o combate começou. Os macacos eram mais fortes e ,furiosos, dominavam o combate já que a diferença numérica era pequena.

Indignado com aquela violencia, pra mim desnecessária, lá de cima eu gritei feroz. O grito distraiu os macacos tempo suficiente para os cavalos que restavam fugir e agora eu era o alvo.
alguns macacos também fugiram assustados, mas um pequeno grupo resolveu subir a torre com uma fúria terrível. Consegui derrubar lá de cima parte dos que tentaram subir e de repente já não havia mais criatura nenhuma ali perto.

Assustado fui conferir e vi distante os cavalos alados fugindo, entretanto nenhum macaco. Aí vi o que parecia ser um garoto assustado se segurando na parte externa da torre. Me apressei em acudi-lo perguntando como ele chegara ali e quem era, quando o puxei pela mão para a parte interna da torre senti a mão ficar mais pesada, olhei e agora era a mão de um dos macacos, que me fitou com olhos vitoriosos. Mal tive chance de reagir e o ser frio me jogou lá de cima. Lembro bem dos olhos escuros do macaco vermelho me olhando friamente enquanto caía.
Acredito ter morrido na queda.

Sonho 29/10/09

Relato aqui para quem se interessar, ler, e quem sabe até dar uma interpretação para esses sonhos doidos que eu tenho ocasionalmente.

Eu estava bricando com algumas crianças fora de casa, entardeceu e rapidamente escureceu. Chamei todos para voltar para casa.

No caminho de volta, a menorzinha (e mais levada) saiu correndo e se escondeu, fomos todos atrás dela, que acabou se escondendo num lugar CHEIO de formigas. Essas tinham tamanho razoável, cor escura e brilhante, e "bundinha avantajada. Subitamente fomos atacados, até minha cadelinha (Xica), então peguei a menina e saí correndo.

Enquanto corria começava a sentir certo formigamento (!?) no braço e assustado, vejo que no local das picadas se formavam manchas escuras; A princípio senti só o formigamento, entao vi as manchas escuras e senti uma dor terrível, seguida por perda da sensibilidade do local.

Ainda assustado com aquilo tudo escuto latidos desesperados de Xica. Na mesma hora pensei que aquilo ia me matar e que devia ir pra casa o quanto antes e me livrar das cruéis formigas, mas então vi os olhos sofridos da minha fiel companheira e resolvi ficar ali com ela, que parou de latir desesperada quando eu apertei sua "mão" e me olhou com estranha tranquilidade.

Não ficou claro para mim o que houve em seguida.
Sei que Xica morreu... talvez eu tenha ido jundo com ela. Talvez não.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Eu prometo...

"Eu prometo não te prometer nada
Nem te amar pra sempre
Nem não te trair nunca
Nem não te deixar jamais.

Estou aqui, te sinto agora
Sem máscaras, nem artifícios.
Enquanto for bom para os dois
Que o outro fique.

Nada a te oferecer exceto eu mesma
Nada a te pedir exceto que seja
Quem tu és.

Tuas coisas continuam tuas
E as minhas, minhas.
Não nos mudaremos na loucura
De tornar eterno,
Esse breve instante que passa.

Se crescermos juntos,
Ainda que em direções opostas
Saberemos nos amar como somos
E não teremos medo ou vergonha
Um do outro.

Não te prendo e não permito
Que me prendas.
Nenhuma corrente pode deter,
O curso da vida.
Quero que sejas livre como eu
Própria quero ser.

Companheiros de uma viagem
Que está começando
Cada vez que nos encontramos novamente."

- Geraldo Eustáquio de Souza

Status é...

"Status é comprar coisas que você não quer,
com o dinheiro que você não tem,
a fim de mostrar para gente que você não gosta,
uma pessoa que você não é."
- Geraldo Eustáquio de Souza

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Sobre alimentação...

Da alma.
Imagine que além do seu corpo, sua alma também precisa ser alimentada.
Imagine que o que você lê alimenta e influencia sua alma e de tabela, você.
Que quando voce vai escrever algo, talvez seja como cozinhar algo,
se faz tudo com pressa o resultado não é bacana.
Tal como quando se come depressa, mal se sente o gosto da comida.
Quando como um bom prato de boa lasanha me sinto inspirado.
O mesmo ocorre quando leio boas linhas de bom texto.
Cozinhe com respeito pelo ritual que está fazendo, com amor...
e talento, se tiver. E certamente vai agradar a maioria dos paladares.

sábado, 11 de julho de 2009

"Phoebe in wonderland"

Ahhhh acabei de assistir aqui sozinho com essa chuva baixo astral do cacete.
Achei o filme muito bonito, muito bem feito.
Expressa muito bem as dificuldades da relação pais\filhos e os vários tipos de pressões que sofremos enquanto crianças.
Gostei e ficadica.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Durante meus minutos na esteira...

Frequentemente me distraio.
Olho para alguém com uma blusa vermelha,
Ou alguém que derrubou um halter no chão.
E para combater os devaneios tento me concentrar:
Penso num cavalo árabe correndo fugaz...
Posso ouvir sua respiração e o barulho dos cascos dentro da minha cabeça
Posso ver seus olhos vivos focados no caminho a seguir
Até que um descuidado derrube outro halter.
Inesperado alguém pergunta:
-André, porque corres tanto?
A pergunta se repete num eco
E numa explosão milhares de motivos aparecem
Eu corro para um lugar seguro, oras!
Corro das ilusões e desilusões,
Corro de mim mesmo e dos meus pecados,
Corro pra socorrer alguém...
Posso até vê-lo imóvel, esperando pelo socorro que chega a galope
É um amigo, talvez. Nunca saberei.
Outra blusa vermelha e me perco novamente,
A panturrilha diz que está sofrendo e sinto o gosto do suor que escorre.
O corpo diz que quer parar, pois aquilo não tem sentido.
-Uma ova!! - grita a mente severa e após um estalo do chicote :
-Corre! Corre! Corre, caramba, corre!!
E reprime o corcel mandrião.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Sobre aprendizados...

É bem possível que você já tenha ouvido falar sobre aprendizados e talvez tenha ouvido falar sobre o livro que estou [?] lendo.
A questão é: porque estou me repetindo então?
Que fique claro que não gosto de repetições, porque pra mim é algo muito próximo de desperdício -de tempo, paciência e outros recursos importantes - e desperdício pra mim é,
definitivamente, sinônimo de burrice.

Esclarecimentos a parte o assunto do post é uma pergunta proposta pelo autor Richard Carlson:
" O que esta pessoa está tentando me ensinar?"
Me peguei refletindo sobre isso hoje e refiz a pergunta várias vezes, algumas vezes vizualisando uma resposta, outras não.
O que o Isaque está tentando me ensinar?
O que o House está tentando me ensinar?
O que a Amanda está tentando me ensinar?
O que meu pai tentou me ensinar?
O que minha mãe está tentando me ensinar?
O que as músicas que ouço estão tentando me ensinar?
O que o chuveiro com defeito quis me ensinar?
O que meu reflexo feio e sério quis me ensinar, hoje?

Confuso? Humpf, é só topo do iceberg...
Minha mãe me disse que se formos pro "céu" lá estudaremos o universo diretamente com Ele. Achei tentador pois imagino que Ele é um excelente professor... quem sabe?
O Isaque talvez esteja tentando me mostrar que apesar de tudo e todos devemos ser educados e dar nosso melhor.
O House talvez queira dizer "Seja mais doce, André."
A Amanda? não sei, muita coisa...talvez nada. Não sei.
Meu pai? ¬¬'
Minha mãe? Ah... é difícil aprender com minha mãe, mas jajá tô craque em cozinhar e cuidar de uma casa. :]
As músicas são pensamentos de pessoas tão confusas quanto eu... talvez.
O chuveiro me diz que não preciso de uma banheira luxuosa pra ser limpo e que não preciso de muito conforto pra ter uma vida tranquila.
Meu reflexo... taí algo pra pensar. Eu olho, olho e olho. Com atenção na maioria das vezes, mas ele nunca diz nada, ao contrário....fica me olhando também... sério, como se esperasse algo de mim. De mim? Logo de mim, pô? Reflexo egoísta ¬¬'

Apesar da maluquice a idéia é só prestar mais atenção no que estamos aprendendo, de quem estamos aprendendo. Ou não.

terça-feira, 30 de junho de 2009

Olhos de J@de

"A vida sob o olhar de uma mulher de 40"
Super-heroína? Claro! Já foi casada, teve filhos e ainda tá viva e lúcida...é quase uma divindade
Ingeligente? Demais, vai por mim.
Sincera? Of course my horse, sabe aquele tipo que usa o blog pra desabafar?...Então é dessas.
Porque visitar? Pra rir, cacete! Pra se distrair, pra ver que nem tudo está perdido e que nem todos desse país são alienados, incompetentes, folgados de m&#$@!

http://verdeolhardejade.blogspot.com/
Ficadica.

sábado, 27 de junho de 2009

A primeira vez...

Você, meu jovem, doido de vontade de afogar o ganso com a menina que conheceu no churrasco de domingo. Ela é meio tímida, mais nova que você e o principal: inexperiente, ou seja, não importa sua performance, ela não vai te criticar.
Está feita a merda.
Eu resolvi agrupar comportamentos semelhantes que observei nas garotas com quem me relacionei: taradas, tapadas e normais.
A primeira vez de uma garota é algo muito importante pois isso vai influenciar e totalmente o modo como ela encara o sexo e sexualidade.
Conheci garotas que tiveram experiências terríveis, não só na primeira vez, e são geralmente essas que viram travadas ou tapadas.

A travada é mais comum. Minto. Hoje em dia a proporção já deve ser praticamente a mesma.
A travada é aquela que tem um medo do sexo, medinho ou medão. Ela tem medo de sentir dor, de ser humilhada, tem medo por que aquilo é "errado", tem medo que ele vá só "usar e chutar" ela. Por isso as tapadas costumam não ser participativas, ficam na delas e se você não instigar é capaz dela nem aproveitar a situação e talvez nunca descubra o que é que esse povo vê de mais em sexo.

A tarada é justamente o oposto, tem aficção por sexo. Você pode começar a conversar com ela sobre cural de milho-verde que logo logo estão falando de outro cural. Parece super legal à primeira vista, mas se você observar com atenção verá que ela é triste, que está fazendo aquilo por que quer atenção e carinho, talvez o carinho de um pai alcóolatra ou de um irmão sem caráter. As travadas correm maior risco, pois muitas vezes se sujeitam a condições perigosas, tais como sexo sem proteção, num lugar escuro e ermo, altas doses de álcool e só Deus sabe o que mais.

Não há muito o que falar das normais. As normais são as que habitam um terreno entre as outras duas. Pode gostar de sexo e entender aquilo como uma coisa tão natural quanto respirar e beber água, pode gostar muito, querer inventar moda na cama e tudo mais, mas dá pra ver que não tem aquela tristeza da tarada. Por outro lado pode se aproximar mais da tapada e ficar mais na dela, esperando que você, garanhão experiente, guie ela por estes caminhos desconhecidos, ou simplesmente pode aproveitar o que você oferece a ela sem se queixar e ainda ser felizes sexualmente.

O mesmo se aplica aos rapazes, tapados, tarados ou normais.

E é por isso que escrevi essa teoria, pra qualquer um que venha ler esse texto entenda a importância de conversar com seu companheiro. Diga a ela que não se sente à vontade por isso ou por aquilo. Diga a ele que sua primeira vez foi assim ou assado. E se você assumiu a responsabilidade de ser o primeiro de uma garota, encare com seriedade, pois é justamente a maneira que se deve tratar o sexo! Pessoas matam e morrem por causa de traições, de paixões não corresponditas e está tudo interligado. Trate ela com o respeito que você gostaria que tratassem sua mãe, ou irmã, ou alguém com quem se importe.
Também não vá confundir respeito com falta de criatividade. Aprenda a sentir o que o outro sente: viu que ela tá afim, joga um verde, com calma, com jeito... pergunte a ela. A garota também tem o direito de aproveitar a relação e são sempre bem vindas sugestões e descobertas.

PS: Claro que quaquer tapada ou tarada pode voltar a ser "normal" com mto empenho e ajuda de alguém que as queira muito bem.

PS2: O texto ficou grande mesmo eu tendo me esforçado pra não ficar... ainda pego as manhas.

"Eu creio...

Que o homem e o mundo são governados por leis naturais.

Que a Ciência integrou o homem ao Universo, alargando a unidade constituída pela mulher, criando, assim, modesta e sublime simpatia para com todos os seres de quem, como poverello, se sente irmão.

Que a Ciência, estabelecendo a inateidade (sentimento nato) do amor , como a do egoísmo, deu ao homem a posse de si mesmo. E os meios de se transformar e de se aperfeiçoar.
Que a Ciência, a Arte e a Indústria hão de transformar a Terra em Paraíso, para todos os homens, sem distinção de raças, crenças, nações – banido os espectros da guerra, da miséria, da moléstia.

Que ao lado das forças egoístas – a serem reduzidas a meios de conservar o indivíduo e a espécie – existem no coração do homem tesouros de amor que a vida em sociedade sublimará cada vez mais.

Nas leis da Sociologia, fundada por Augusto Comte, e por que a missão dos intelectuais é, sobretudo, o preparo das massas humanas desfavorecidas, para que se elevem, para que se possam incorporar à Sociedade.

Que, sendo, incompatíveis às vezes os interesses da Ordem com os do Progresso, cumpre tudo ser resolvido à luz do Amor.

Que a ordem material deve ser mantida, sobretudo, por causa das mulheres, a melhor parte de todas as pátrias e das crianças, as pátrias do futuro.

Que no estado de ansiedade atual, a solução é deixando o pensamento livre como a respiração, promover a Liga Religiosa, convergindo todos para o Amor, o Bem Comum, postas de lado as divergências que ficarão em cada um como questões de foro íntimo, sem perturbar a esplêndida unidade – que é a verdadeira felicidade." - Marechal Rondon

"Sobre herói...

Não solto laser pelos olhos, meu laser é a verdade.
Não tenho asas, faço da minha imaginação minhas asas.
Não uso super armadura, minha armadura é meu caráter.
Não tenho super força, minha super força é minha fé.
Não tenho base super-segura, minha família é minha base.
Não posso ler sua mente, posso ler seus olhos.
Não controlo nenhum elemento, tento controlar minha ira.
Não tenho super-regeneraçao, minha regeneração é meu perdão.
Não posso parar o tempo, mas posso aproveitar cada segundo que passa.
Não tenho arqui-inimigo, eu sou meu pior inimigo."
- Eu, uai.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

"Era uma vez...

Nos tempos antigos, quando o homem começou a caminhar pela terra...
Logo os deuses notaram o imenso potencial dos homens e ficaram intimidados com isso.
Então decidiram se reunir e fazer algo a respeito.
Na reunião surgiu a idéia de "esconder" o potencial do homem, para que esse jamais o encontrasse, faltava decidir onde...
Um ergueu a mão e sugeriu que o potencial fosse escondido na parte mais profunda do mais profundo oceano e logo a idéia foi descartada pois todos sabiam que cedo ou tarde o homem chegaria ao fundo dos oceanos.
Outro ergueu a mão e sugeriu que escondessem em outro planeta e essa idéia também foi descartada porque sabiam que o homem era muito capaz de chegar em qualquer planeta.
Assim, depois de muito pensar e muito refletir o mais antigo dos antigos que ali estavam se manifestou:
- É simples, vamos esconder o potencial dentro do próprio homem e assim ele jamais será encontrado!
A idéia era realmente muito simples, mas era perfeita pois o homem, com toda sua arrogância, jamais pensaria em olhar dentro de si.
E assim foi feito e até os dias atuais o homem busca incessantemente por seu potencial "escondido" e os deuses ficaram satisfeitos."
- desconhecido

Escutei ou li essa história e me lembrei dela hoje... resolvi postar =]

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Depois de algum tempo...

Depois de algum tempo você aprende a sutil diferença
entre dar a mão e acorrentar uma alma.

E você aprende que amar não significa suportar
e que companhia nem sempre significa segurança.

E você aprende que beijos não são contratos
e presentes não são promessas.

E você começa a aceitar suas derrotas
com cabeça erguida e olhos adiante,
com a leveza de uma mulher, não a tristeza de uma criança.

E você aprende a construir as suas estradas no hoje
porque o terreno do amanhã é incerto demais para planos
e futuros têm o hábito de cair em pleno vôo.

Depois de um tempo você aprende que até a luz do sol queima,
em excesso.

Então plante seu próprio jardim e embeleze sua própria alma
ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.

E você aprende que realmente pode aguentar
que você realmente é forte
e que você realmente tem valor.
E você aprende e aprende...
E a cada adeus você aprende.

© 1971 Veronica A. Shoffstall

Hino Nacional















Ás margens tranquilas do Ipiranga

Ouviram o grito estrondoso
de um povo heróico
(Foi às margens do rio Ipiranga que Dom Pedro I resolveu declarar a independência)
E nesse instante brilhou no céu o sol da liberdade
(Pois até então o céu era escurecido pelas sombras do colonialismo)

Se com braço forte conseguimos conquistar essa igualdade
(O Brasil se tornou tão livre quanto Portugal)
Em teu seio, ó liberdade,
A própria morte desafia o nosso peito!

(Estando livre, o Brasil não conta mais com a proteção de Portugal,
mas assume o risco, por assim dizer)

Brasil, um sonho intenso de amor e de esperança

Se em teu formoso céu
resplandece a imagem do Cruzeiro

Desce à terra um raio vívido
.
(Se o símbolo de Jesus brilha no nosso céu,
é pq nosso país é mesmo abençoado)

És belo, és forte, impávido colosso
(Colosso: grande poderio; Impávido: destemido)
Gigante pela própria natureza
(5º maior país, ocupando quase a metade da América do Sul)
(Possui uma das maiores biodiversidades do mundo)

E o teu futuro espelha essa grandeza.


Entre outras tantas, és tu Brasil, terra adorada
És mãe gentil dos filhos deste solo

Deitado eternamente em berço esplêndido
Ao som do mar e à luz do céu profundo

(Referência a um país jovem que possui uma extensa costa)
No Novo Mundo (América), se destaca como um florão
(um elemento decorativo em ouro ou pedras preciosas)

Teus lindos campos têm mais flores
Do que a terra mais encantadora
"Nossos bosques têm mais vida",
E a "Nossa vida", nessa terra privilegiada,
tem "mais amores".

(As partes grifadas se referem à "Canção do Exílio" de Gonçalves Dias)

Que a bandeira estrelada de que temos tanto orgulho
Seja símbolo de amor eterno
(Pra nos lembrarmos do "amor à pátria" quando olharmos para a bandeira)

E que o verde-louro dessa bandeira
Simbolize a vítoria nas batalhas do passado
(e do presente) E a paz que virá no futuro

Mas se é necessário erguer o porrete da justiça
Verás que um filho teu não foge à luta

Nem teme a própria morte
("Sou brasileiro e não desisto nunca"... nem se o "bixo estiver pegando")

Letra: Osório Duque Estrada
Música: Francisco Manuel da Silva

fontes:
http://pt.wikipedia.org
http://pt.wiktionary.org

domingo, 21 de junho de 2009

por Sgt. Adilson

"A divisa fica no ombro, não na cabeça..."
Ou seja... vc pode ter um chefe, um pai, um "superior" qualquer, mas ainda serão 2 pessoas. Serão 2 pessoas, tão passíveis de erros quanto qualquer um e por isso a "divisa" fica no ombro, que é pra vc não ficar cego com ela... não se esquecer do que realmente importa.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

por Richard Carlson

"Circunstâncias não fazem pessoas, apenas as revelam."
"A vida é um teste. É apenas um teste. Se esta vida fosse pra valer você teria sido instruido sobre aonde ir e o que fazer."

Uma frase simples como essa [2ª] tem um PUTA sentido pra mim, ao ler essa parte do livro, reli essa frase várias vezes e me senti bem mais tranquilo vendo que é a mais pura verdade. ^^

sábado, 13 de junho de 2009

Garotas com...

Pés bonitinhos, têm b&@#&!@ bonitinha tbm
O mesmo se aplica pra pés feios ¬¬'
fonte: experiência própria, negão xD

quinta-feira, 11 de junho de 2009

As virtudes cardeais...

"A prudência: ver aquilo que é
O agir humano é bom e ordenado quando procede da verdade, que afinal de contas nada mais é que o vir-a-encarar a realidade. E precisamente este é o sentido da prudência e de sua posição privilegiada: que - tanto quanto possível - vejamos a realidade, que eu veja como realmente são os elementos que compõem a situação que exige de mim uma decisão[...]

A justiça: dar o que é devido
"A cada um o que é seu", como diz a antiga sentença.
Precisamente isto - assim o tem afirmado o clássico pensamento ocidental desde os antigos gregos até as encíclicas sociais dos papas - é a Justiça: a vontade, constante de dar a cada pessoa, com quem nos relacionamos, aquilo que lhe é devido[...]

A fortaleza: o mais fraco resiste
O núcleo daquilo que verdadeiramente está implicado na virtude da Fortaleza é exposto pela ironia de Bertold Brecht; esse autor afirma que desconfia imediatamente quando ouve dizer que um navio precisa de uma tripulação de heróis: nestes casos pergunta-se sempre se não haverá algo de errado com esse navio, se não estará meio velho ou podre. Provavelmente, Brecht não imaginava que, quinze séculos antes dele, alguém já havia dito quase o mesmo. Este alguém é S. Agostinho que, é bem verdade, não fala de um navio, mas do mundo como um todo: com o mundo realmente há algo de errado, já que nele há o mal e o mau. E precisamente por isso é necessária a Fortaleza: Pelo fato nu e cru de que é preciso existir Fortaleza, atesta-se o poder do mal no mundo[...]

A temperança: defender-se da auto-destruição
Trata-se, na verdade, de que justamente as forças do ser do homem orientadas por natureza para a autoconservação, aperfeiçoamento e realização, são aquelas mesmas forças que podem também desnaturar-se para a autodestruição. Todas elas e, talvez, somente elas. A sexualidade é apenas uma dessas forças e é dela que menos se precisa falar especificamente, na medida em que o cristão entenda que a castidade não visa à repressão da força sexual mas a defender-se da autodestruidora perversão dessa força[...]"

-Josef Pieper
(Tít. orig.: Menschliches Richtigsein
trad.: Luiz Jean Lauand)
http://www.hottopos.com.br/videtur11/estcert.htm

"A sagacidade...

É a penetração de espírito que consiste em descobrir o que é mais difícil e oculto nos negócios, etc.; também significa a astúcia com que se inventam e traçam os meios de conseguir alguma coisa, e se pressentem os embaraços e descobrem os meios de os atalhar."
- dicionário

"Não procures..

Nunca usar teu verbo para ferir ou criticar;
melhor é calar quando não te sentires inclinado a edificar através da palavra construtiva."
- desconhecido

"Tira de mim este peso...

Arrasta-me pelo asfalto e obriga-me a comer pó
Atira-me de costas ao mar e recolhe-me em mãos de ferro
Humilha-me ao mundo
Despe-me o orgulho e afoga-me a vontade

Faz-me chorar... só mais uma vez!
Porque hoje estou contra o mundo
Deixa-me morrer..."
- http://madrugaemmim.blogs.sapo.pt/arquivo/153134.html

"Abençoados os que possuem amigos...

Os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede,
não se compra, nem se vende,
amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos,
os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala,
não questiona, nem se rende.
amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos,
os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora,
amigo não tem hora
pra consolar!

Benditos sejam todos os amigos,
que acreditam na tua verdade
ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção
é a base, quando falta o chão.

Benditos sejam todos os amigos
de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros
da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!"

- Machado de Assis

"Lágrimas...

São rastos de sinais
antigas como o tempo
usam-se às vezes à laia de lamento
outras são meros sais a-mais
nos olhos secos
lágrimas são infértil água
inundando as palavras
desfeando rostos por desgostos
com sulcos irreais
as minhas lágrimas
são iguais às demais."
- http://non-morte.blogspot.com/2007/01/iguais.html

Who will cry for the little boy...

Lost and all alone?
Who will cry for the little boy, abandoned without his own?
Who will cry for the little boy? He cried himself to sleep.
Who will cry for the little boy? He never had for keeps.
Who will cry for the little boy? He walked the burning sand.
Who will cry for the little boy? The boy inside the man.
Who will cry for the little boy? Who knows well hurt and pain.
Who will cry for the little boy? He died and died again.
Who will cry for the little boy? A good boy he tried to be.
Who will cry for the little boy, who cries inside of me?
- Antwone Fisher
[Poema que ouvi no filme "Voltando a viver"]

"Vivi minha vida...

Sem jamais transigir e adentro as sombras
sem queixas nem arrependimentos."
- Rorscharch, 1º de novembro.

"Fizeram a gente acreditar...

Que o amor mesmo, amor pra valer,
só acontece uma vez acionado, nem chega com hora marcada.

Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja
E que a vida só ganha sentindo quando encontramos a outra metade.

Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida
merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta:
a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia é só mais agradável.

Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos.
E os que escapam dela estão condenados à marginalidade.

Não contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes
E que podemos tentar outras alternativas. Cada um vai ter que descobrir sozinho.

Então, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo,
vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém." - Anônimo.

"Quantas vezes..

Nós pensamos em desistir, deixar de lado o ideal e os sonhos;
Quantas vezes batemos em retirada com o coração amargurado pela injustiça;
Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade, sem ter com quem dividir;
Quantas vezes sentimos solidão, mesmo cercado de pessoas;
Quantas vezes falamos sem ser notados;
Quantas vezes lutamos por uma causa perdida;
Quantas vezes voltamos para casa com a sensação de derrota;
Quanta vezes aquela lágrima teima em cair,justamente na hora em que precisamos parecer fortes;
Quantas vezes pedimos a Deus um pouco de força, um pouco de luz;
E a resposta vem, seja lá como for: um sorriso, um olhar cúmplice,
um cartãozinho, um bilhete, um gesto de amor;
E a gente insiste; Insiste em prosseguir, em acreditar,
em transformar, em dividir, em estar, em ser;
E Deus insiste em nos abençoar, em nos mostrar o caminho:
Aquele mais difícil, mais complicado, mais bonito.
E a gente insiste em seguir, por que tem uma missão...
SER FELIZ!!" - desconhecido

Voar é...

Aprender a se jogar no chão e errar.
"Flying is learning how to throw yourself at the ground and miss."
- Douglas Adams

"Amizade...

É igual mijar nas calças:
todo mundo vê, mas só você sente o calor que aquilo traz"
- Anônimo

Num dia ensolarado o jovem gafanhoto, pensativo, pergunta à seus mestre:

- Mestre, como faço para me tornar um sábio?
- Boas escolhas.
- Mas como fazer boas escolhas?
- Experiência - diz o mestre.
- E como adquirir experiência, mestre?
- Más escolhas.

Humildade

"Senhor, fazei com que eu aceite
minha pobreza tal como sempre foi.

Que não sinta o que não tenho.
Não lamente o que podia ter
e se perdeu por caminhos errados
e nunca mais voltou.

Dai, Senhor, que minha humildade
seja como a chuva desejada
caindo mansa,
longa noite escura
numa terra sedenta
e num telhado velho.

Que eu possa agradecer a Vós,
minha cama estreita,
minhas coisinhas pobres,
minha casa de chão,
pedras e tábuas remontadas.
E ter sempre um feixe de lenha
debaixo do meu fogão de taipa,
e acender, eu mesma,
o fogo alegre da minha casa
na manhã de um novo dia que começa."
- Cora Coralina

O Princípio

Precisava de um nome para o blog, então lembrei dessa citação :
"O sábio que nao compartilha seus saberes é como a nuvem que não molha a terra."
A idéia de um blog já existia na minha cabeça há muito tempo, mas só agora botei em prática, tanto é que meu orkut tá parecendo um blog.. lol
Enfim tá uma droga agora pq é meu primeiro blog e comecei a mexer nisso faz apenas alguns minutos, todavia espero que muito em breve ele esteja legalzim.
[]s